Tradição em Termas e Bem-Estar

Os romanos eram aficionados aos banhos públicos, os quais constituiam lugares de relaxação tanto para o corpo e mente, quanto de relacionamento social. Eles criaram banhos em todos os lugares que colonizaram e, assim, é possível contemplar os restos de banhos romanos, ou thermae, no Reino Unido, Holanda, França, Itália, Alemanha, Hungria, Romênia e Espanha. Os banhos se construíam frequentemente no lugar de fontes naturais de águas minerais às quais sempre se atribuíram propriedades curativas.

Durante os séculos XVIII e XIX, tornou-se muito popular de novo a idéia de tomar banho por razões de saúde. A realeza e a aristocracia eram os principais consumidores – e o mundo social associado ao ato de se banhar tinha tanta importância quanto a própria cura.

Embora os balneários nunca tenham passado de moda por completo, se pode afirmar com total segurança que, atualmente, estão experimentando um novo auge. Uma associação comprometida com a promoção das termas e os centros de saúde e com a supervisão da sua qualidade é a Associação Européia de Termas (ESPA), que verifica a qualidade da infra-estrutura geral de terapia, higiene e segurança. A sua página web Visit European Spas é uma “mina de ouro” para obter informações sobre as termas européias.

Se o que deseja é voltar no tempo e desfrutar de termas do mesmo modo que a antiga aristocracia, visite uma das Termas Reais da Europa, uma coleção de termas localizadas em Espanha, Alemanha, Hungria, Finlândia e a República Tcheca que já contaram com monarcas e nobres entre a sua clientela.

Linguagem de Termas

Se parte da terminologia empregada na “linguagem de termas” parecer incompreensível, visite o glossário da Associação Europeia de Termas para qualquer esclarecimento; existe todo um vocabulário termal! As experiências termais podem durar, de algumas horas em um spa urbano durante o dia, até semanas num centro termal onde dispõem de uma gama completa de tratamentos, exercícios e dietas especiais. As férias de bem-estar podem ser realizadas em termas históricas maravilhosamente conservadas ou em centros de bem-estar vanguardistas. Devido à orientação medicinal destes lugares no passado, você verá que as termas européias não se ocupam apenas das aparências externas, mas também de desenhar um estilo de vida integralmente saudável. Isto é que são férias!

Termas e Centros de Bem-Estar famosos

A localidade de Spa na Bélgica, nos legou o nome que agora utilizamos de modo genérico para todas as termas. Para além do seu próprio “spa”, a cidade é reconhecida pelo seu Casino e o Grande Prémio de Automobilismo. Também se podem encontrar belos spas localizados em castelos e no litoral na Bélgica.

A sauna constitui uma parte integral da vida na Finlândia há séculos. Mais do que um simples lugar para se lavar, é considerado um local ideal para rejuvenescer o corpo e a alma. Existem saunas de qualquer tamanho e classe em todo o país, da variedade alimentada por eletricidade em piscinas, hotéis e complexos esportivos até as idílicas e mais íntimas cabanas nas margens de lagos ou saunas de fumaça, com o seu toque de cinza.

A filosofia do bem-estar finlandês combina tratamentos tradicionais, uma dieta equilibrada e atividades ao ar livre, em meio à natureza. Contrariamente a outros spas pelo mundo afora, muitos spas finlandeses empregam tratamentos nativos e enfatizam a importância da natureza no bem-estar. Para experimentar delícias como essas, visite spas como o Bem-Estar Aurora do Centro de Férias Harriniva na Laplandia ou o Kunnonpaikka Hotel Spa em Kuopio.

Uma das mehores mostras de termas romanas, declaradas Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, se encontra na maravilhosamente conservada cidade de Bath (Reino Unido). Este não é o único lugar onde poderão encontrar mimos na Grã Bretanha – há spas por toda a parte. Atravessem até Irlanda para dar passeio saudável entre paisagens espetaculares que constituem, em si mesmas, um tratamento mental!

Pensar na época dourada e sofisticada das termas é pensar em Baden-Baden, berço de spas tanto modernos quanto clássicos – e o casino favorito de Marlene Dietrich – todos situados na Floresta Negra. A Alemanha conta com centenas de termas e centros de bem-estar, todos eles dedicados à sua saúde.

A Islândia é uma escolha óbvia para umas aventuras termais inesquecíveis. Não é preciso ir mais longe que Reykjavik para desfrutar de banhos públicos e uma imersão relaxante, no entanto, penetrar na ilha oferece a oportunidade de gozar da experiência de termas naturais numa paisagem grandiosa. A Lagoa Azul é, para além de uma das maiores atrações naturais da Islândia, uma terma assombrosa, com todas as instalações necessárias para desfrutar até o máximo desta lagoa geotérmica de água salgada, suas salas cavernosas de vapor de lava, a sua fabulosa paisagem e os seus incomparáveis tratamentos.

As águas da França são conhecidas e consumidas no mundo todo. Pense nos tratamentos de Vichy, Vittel ou Evian! Há muito mais para descobrir e muitos outros spas especiais para escolher; será um refúgio na montanha, um oásis parisiense de moda ou talassoterapia (tratamento com água de mar) na costa?

A Península Ibérica dispõe tanto de um clima magnífico para termas como também de uma grande diversidade de paisagens fabulosas. As centenárias fontes naturais da Espanha fizeram com que, há muito tempo ali, se tenha constituído num importante centro termal europeu. A região do Algarve e a ilha da Madeira, em Portugal, oferecem instalações termais em localizações igualmente magníficas. Faça um tratamento de talassoterapia ou, simplesmente, relaxem num dos diversos spas termais de Portugal.

Os romanos tiveram muito a ver com o início da febre termal na Itália. Para além de contemplar os numerosos banhos romanos, é possível receber um tratamento num spa italiano moderno em qualquer uma das suas vinte regiões. Incluindo a Sicília e a Sardenha.

Suba os Alpes e acrescente um pouco de relaxação termal ao seu tempo praticando o esqui ou caminhadas para ter férias realmente saudáveis na Suíça e Áustria. O consórcio de hotéis Slim and Beautiful se especializou em programas de bem-estar.

A parte oriental da Europa goza de renome, há muito tempo, pelas suas termas e os seus magníficos tratamentos de saúde e beleza, graças ao dom geológico de um grande número de fontes minerais. A tecnologia termal fez grandes progressos desde as medidas drásticas de séculos passados, atingindo um equilíbrio entre beber água e mergulhar nela. A República Tcheca, Eslováquia e Eslovénia têm uma longa tradição nas artes das termas e do bem-estar, e aguardam vocês para lhes dar as boas-vindas.

Hungria é famosa pelas suas águas curativas desde a época do império romano! É a segunda maior fonte de águas termais do mundo e dispõe de uma ampla gama de instalações, das termas romanas até os banhos turcos e os hotéis de alta categoria, o que faz dos spas da Hungria uma excelente escolha para férias de bem-estar. Como não ficar relaxado nas águas termais de Hévíz, com uma temperatura constante da água de 79°F/26°C, inclusive no inverno? Jogue xadrez enquanto mergulha nos banhos quentes de Széchenyi, goze de tratamentos completos de saúde e beleza ou desfrute com toda a família de uma emocionante visita ao parque aquático!

Outros ótimos lugares para o bem-estar são a Letônia, a Dinamarca e a Suécia, ou então acrescente um pouco de pura relaxamento à sua viagem com um descanso termal na Bulgária e na Sérbia ou ainda incluir uma viagem de bem-estar nas suas férias mediterrâneas na Grécia ou na Turquia. Nos últimos anos, Chipre emergiu como um dos destinos termais líderes do Mediterrâneo, graças à inauguração de umas instalações termais da máxima categoria nos destinos da ilha. Aqui, o mimo foi elevado à categoria de arte. Quer seja como parte de um pacote ou à la carte, os serviços termais e os tratamentos rejuvenescedores da talassoterapia em ambientes tão suntuosos podem acrescentar uma dimensão maravilhosa às suas férias no Chipre.

Qualquer que seja o seu destino na Europa, é possível aproveitar para descansar, se revitalizando nos melhores destinos termais e de bem-estar do mundo!