A Basilicata mantém uma sua originalidade, feita de sabores fortes, ingredientes genuínos e preparo essencial. A região, que fica entre os mares Tirreno e Iônio, possui uma vasta zona no interior que conservou as antigas tradições.

A sua gastronomia é pobre em carne, exceção feita ao cordeiro, cabrito e porco. É rica em massa caseira, como os: “oriecchiette”, “fericieddi”, “frizzulli” e “lagane”; hortaliças e muitos queijos: mussarela, provolone, ricota e pecorino.

Originária da Basilicata é a lingüiça e também o antigo salame “sorpezata”. Outros produtos de renome são os cogumelos “cardoncelli” e os característicos pimentões “cruschi”.

Os doces são a base de mel, ricota, vinho quente e ovos. Para os vinhos: o Aglianico di Vulture – conhecido como Barolo do Sul, hoje entre os mais importantes da Itália.