Cidade de Terni
Site: http://www.comune.terni.it

A sua origem é antiguíssima: Interamna Nahartium a chamavam os romanos, isto é, terra dos dois rios: o Nera e o Serra.

Naharki era ao invés disso o nome de seus fundadores, pastores guerreiros que se entregaram aos romanos apenas com a batalha do Sentino. Ainda do período romano, as ruínas de um anfiteatro e restos de muralha.

Terni é famosa por ser a cidade natal de Tacito e de São Valentino, que foi bispo da cidade, morrendo por causa das perseguições romanas a 98 anos, sendo agora o padroeiro da cidade.

Estes dois aspectos convivem na cidade e se evidenciam na arquitetura dos edifícios e dos monumentos principais: do passado, a Igreja de San Francesco (1200) com a bonita Capela Paradisi com afrescos do 1300; a antiga Igreja de Sant'Alò, esplêndido edifício românico; a Igreja de San Salvatore, edificada sobre um pré- existente Templo do Sol da época romana; a Igreja de San Pietro e por fim o Duomo, construído no XVII sec. De época moderna citamos o obelisco de Arnaldo Pomodoro "Lancia di luce" (lança de luz) e as obras do arquiteto Ridolfi: na Praça Tacito e Corso del Popolo.

Terni é famosa por ser a cidade natal de Tacito e de São Valentino, que foi bispo da cidade, morrendo por causa das perseguições romanas a 98 anos, sendo agora o padroeiro da cidade.