Cidade de Milano
Site: http://www.comune.milano.it

Capital da região da Lombardia, Milão é uma cidade de arte e uma cidade importtante na vida económica da Itália

Milão tem uma área plana na região oeste da Lombardia e é banhado por pequenos rios, o Lambro, o Olona e Seveso, e de vários canais: Naviglio Grande, Naviglio Pavese, Naviglio Martesana. Devido à sua posição geográfica a cidade tem um clima tipicamente continental, com invernos frios e verões quentes.

Foi capital do Império Romano d’ Ocidente desde o IV ao V século e exatamente nesse período tornou-se centro de propagação do cristianismo graças também a S. Ambrogio, não por acaso conhecido como santo padroeiro da cidade.

O segundo período importante, cheios de testemunhanças da arquitetura foi a época com a qual coincide com a época Comunale e com a luta pela liberdade contra os imperadores da Alemanha: esta fase vai do XI ao XIII século è tem como prova a Basílica de S. Ambrogio e de S. Eustorgio e também o Palácio della Ragione.

O Renascimento em Milão, XIV ao XVI século, tem como período aquele do governo dos Visconti, dos Sforza e de Ludovico o Mouro, representam-se pelo Duomo, pelo Hospital Maggiore, pelo Castelo Sforzesco, por Santa Maria delle Grazie, e por Santa Maria S. Satiro, e, também pela presença de dois artistas: Bramante e Leonardo.

Depois de Sforza, Milão atravessou a Idade das Trevas com o domínio espanhol, que teve o controle da cidade de 1535-1713, instituiu impostos e direitos sobre todos os tipos de mercadorias e bens.

Piazza del Duomo è um símbolo de características importantes: o atual aspecto se dá em 1965; a praça è dominada pelo Duomo, 1386, tendo como fim das obras simbolicamente em 1765/69 com a ponta que ergue a famosa “ Madonnina”_ a fachada foi conclusa com elementos neogóticos e neorenascimentistas em 1887.

Em 18 de Março de 1848, com o “Cinque Giornate di Milano,”as pessoas conseguiram expulsar os austríacos. Assim Milão foi anexada ao Piemonte e em seguida, em 1861 ao Reino da Itália.

Hoje Milão, capital econômica e financeira, é o porta da Itália para a Europa. A cidade de troca de ações e os bancos oferecem uma fascinante combinação de tradição e inovação, riqueza e estilo, cultura e glamour.