Cidade de Cosenza
Site: http://www.comune.cosenza.it

A antiga Consentia ou Cosentia, fundada talvez pelos Pelasgi ou palos Lucani, importante centro do Bruzio, foi submetida pelos romanos em 204 a.C. e tornou-se colônia sob Augusto.

Castaldato longobardo, foi depois, nos séculos IX e XI, bizantina, saracena e normanda; com os Angioini tornou-se um importante centro administrativo da Sila.

No XV século, participou às revoltas dos contadini silanos(1458-59) e dos barões (1485-86) contra os Aragoneses, e, suportou as duras repressões desse período.

Ambiente medieval, com todas as lembranças de sua história, que começou como um centro de Bruzii. É ainda viva a Academia Cosentino, o humanista Aulus Janus Parrasio fundada no início do sec. XVI e da qual ele fazia parte.

Na cidade nova estão a igreja de San Domenico (XV, e refeita no XVIII). O Museu Civico Arqueologico e a Acadêmia Cosentina localizam-se na praça 15 Marzo. Cosenza foi pátria do filósofo e naturalista Bernardino Telesio e do poeta Galeazzo di Tarsia.