Cidade de Cagliari
Site: http://www.comune.cagliari.it

A cidade de Cagliari, de aspecto abundantemente moderno, localiza-se em uma colina entre dois lagos salgados.

Restos monumentais da época púnica são algumas cisternas em rocha, enquanto do período helênico data um santuário com uma cávea diante do recinto sagrado. Da idade romana temos um aqueduto, I século d.C., numerosos edifícios, o anfiteatro (II d.C., sendo um dos mais notáveis edifícios romanos na Sardenha) e as termas.

O material arqueológico encontrado na área da cidade vai da cerâmica figurada à pequenos objetos de bronze, dos vasos às moedas, e todo o achado é conservado no Museu Nazionale Archeologico.

Entre as principais construções religiosas da cidade, que sofreu grande dano, se recordam a igreja dos Santos Cosmo e Damião (San Saturnino), que data da idade paleocristã, é o mais antigo monumento da cristandade na Sardenha e nas suas formas primitivas se recorda também a arquitetura de tipo árabe, a catedral Santa Maria de Castelo, XIII século (seu externo conserva características da arquitetura espanhola), remanejada em XVII (mas a fachada foi refeita recentemente em 1933), que conserva ao interno dois púlpitos formados com as partes daquele românico, desmontado para dar lugar àquele gótico, de Maestro Guglielmo (1159-1162), proveniente da catedral de Pisa, e, a igreja da Purissima (XVI) de formas gótica-arogonesas.

Os bombardeamentos de 1943 destruíram quase completamente a igreja de San Domenico, fundada em 1254.

Notáveis são os restos das fortificações erguidas pelos pisanos: torre de San Pancrazio (1305), torre do Elefante (1307), porta dos Leões e, fora das muralhas, castelo de San Michele.