Arena de Verona - A Arena de Verona é um anfiteatro romano, localizado em Verona, Itália, conhecido pelas monumentais produções de ópera que nela são apresentadas. É uma das estruturas do seu tipo que se encontram melhor conservadas.

Catedral de Verona - A estrutura atual é provavelmente do século IV, a obra de Bispo Zeno e é a primeira igreja cristã da cidade.

Diocese de Verona - A Diocese de Verona (Dioecesis Veronensis) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica na Itália, pertencente à Província Eclesiástica de Veneza e à Conferenza Episcopale Italiana, sendo sufragânea do Patriarcado de Veneza.

Palazzo Bevilacqua - O mais famoso é certamente o segundo, erguido pelo célebre arquiteto veronês Michele Sanmichele por encomenda da família Bevilacqua, presente naquela zona durante séculos (presença testemunhada já em 1146), por volta de 1530.

Palazzo Canossa - O palácio foi construído, em 1527, por encomenda da família dos Marqueses de Canossa, uma das famílias mais antigas e ilustres da Itália, que se estabeleceu em Verona nos inícios do século XV, segundo projecto de Michele Sanmichele.

Palazzo Dalla Torre - Segundo alguns críticos, o palácio foi construído no século XVI pelo famoso arquitecto veronês Michele Sanmichele, enquanto outros sustentam que foi construído por Domenico Curtoni no século XVII. Porém, o autor mais provável pode ser Bernardino Brugnoli, um parente de Sanmicheli, que trabalhou frequentemente com ele e de quem tomou, em parte, o seu estilo e a sua técnica.

Palazzo dei Diamanti - O modelo para a construção deste palácio em Verona deve ter sido o próprio Palazzo dei Diamanti de Ferrara, construído, entre 1493 e 1503, pelo arquitecto e urbanista Biagio Rossetti no âmbito da Addizione Erculea ordenada pelo Duque Ercole I d'Este.